Orientação: Trino Ajarã Gilberto Zelaya

  • Downloads Lei do Trabalho de Defumação Especial                                  

  • TRABALHOS DE  DEFUMAÇÃO ESPECIAL  UNIFICAÇÃO DAS LEIS DO AMANHECER

    Por determinação dos Trinos Presidente Triada, datada de 26 de abril de 1998, o Trabalho Especial de Defumação, na Mesa Evangélica, nos Templos do Amanhecer, segue as seguintes orientações: 

    • Será realizado na Mesa Evangélica, a partir das 15 horas, sendo a Mesa formada por centuriões, com o comando exclusivo do Presidente do Templo, contando com 3 Doutrinadores para ocuparem os Faróis, 2 Doutrinadores-Balizas, que se colocam de pé atrás do banco da base da Mesa, para cuidar dos pacientes e aplicar o passe magnético quando este for solicitado pelo Comandante, e 1 Ajanã para a Defumação. 

    • A Mesa será formada por, no mínimo, 3 Aparás, podendo ser um número maior, porém sempre impar, colocados equilibradamente nas laterais da Mesa. 

    • Serão até 7 pacientes (podem ser menos e em número par ou impar) colocados na base da Mesa. 

    • O Comandante faz a chave de abertura, dando por aberto o Trabalho Especial de Defumação. 

    • Feita a abertura, o Ajanã começa a defumar, circulando sempre no sentido horário – da esquerda para a direita – em torno da Mesa, durante todo o trabalho. 

    • Em seguida à abertura, o Comandante emite o Mantra Universal – o Pai Nosso – e invoca as forças benditas de Deus Pai Todo Poderoso, para assistência à realização do trabalho, fazendo, em seguida, por no mínimo 10 minutos, a invocação dos espíritos portadores de correntes negativas que estão atrapalhando a vida daqueles irmãos pacientes, bem como das falanges de ódio, de desespero e de dor. 

    • Após decorridos, no mínimo, 10 minutos de invocações, o Comandante toca a campainha e os Aparás desincorporam. 

    • Estando os Aparás desincorporados, o Comandante pede que os Doutrinadores – inclusive os Balizas - façam três elevações em conjunto. 

    • Concluídas as elevações, o Comandante emite a chave de encerramento, dando por encerrado o Trabalho Especial de Defumação. 

    • Terminado o encerramento, o Comandante solicita que os Balizas apliquem o passe magnético nos pacientes e que os Doutrinadores também o apliquem nos Aparás. 

    • O Comandante verifica se todos estão bem e agradece aos pacientes, que são retirados. 

    • Os mestres se retiram, após os pacientes saírem. (Veja nova orientação em DEFUMAÇÃO NA MESA EVANGÉLICA e DEFUMAÇÃO NO SUDÁLIO) 

    >