Orientação: Adjunto Ajuvano Mestre André Luis

  • Downloads Lei do Trabalho de  Cura Evangélica 

  • TRABALHOS DE CURA EVANGÉLICA 
    UNIFICAÇÃO DAS LEIS DO AMANHECER

    No dia 4/fev/2003, ocorreu o I Encontro Doutrinário dos Presidentes de Templos do Amanhecer, no qual o Trino Ajarã implantou a 1ª Etapa da Unificação das Leis do Amanhecer, com a matéria aprovada pelo Trino Araken. A reunião foi gravada em fitas de vídeo e documentada em ata, para registrar e comprovar a veracidade das informações. 

    Sobre CURA EVANGÉLICA ficou estabelecido: 

    I INTRODUÇÃO – Neste trabalho se manifestam Entidades para trabalharem na Lei de Auxílio para a Cura desobssessiva de pacientes. 

    II O AMBIENTE = O ambiente físico deve ser condizente com o número ímpar de macas, podendo ser de 1 a 7. 

    III As macas e as cadeiras (ou bancos) devem ser forrados ou pintados de vermelho. 

    IV Cada maca deverá contar com 1 travesseiro e 1 lençol, ambos de cor branca. 

    V MÉDIUNS – No mínimo, deverão estar emplacados. Não é permitido Aparás na roupagem de prisioneiros. 

    VI Os médiuns, ao se dirigirem para este trabalho, já devem ter feito sua preparação na Pira, ter participado de uma Mesa Evangélica ou se harmonizado no Castelo do Silêncio. 

    VII O Apará se posiciona na cabeceira da maca e o Adjuração, de pé, à sua direita. 

    VIII COMANDO – O Comandante pede aos Doutrinadores que ionizem os Aparás. 

    IX Em seguida, faz uma breve harmonização, o Pai Nosso e abre com a Chave. 

    X Feita a abertura o Comandante pede a presença dos Médicos de Cura. 

    XI O Doutrinador identifica a entidade e recebe o paciente encaminhado pelas Entidades dos Tronos. 

    XII O paciente é orientado a deitar na maca com a proteção de um lençol que o cobrirá da cintura para os pés. 

    XIII Logo em seguida o Doutrinador dá o nome do médico incorporado e solicita que o paciente informe o seu nome e a sua idade. 

    XIV O Doutrinador coloca a sua mão direita, aberta, com a palma voltada para o plexo do paciente a uma altura de aproximadamente 30 cm, e o braço esquerdo levantado, formando um ângulo de 90O, com a mão espalmada. 

    XV A comunicação neste trabalho é a mínima possível. O Mentor respeita a vontade do médico da terra e pode, também, recomendar a água fluidificada. 

    XVI A cura mediúnica, ou espiritual, é feita exclusivamente pelo médico de cura, não havendo necessidade de contato físico entre o médium e o paciente. 

    XVII No fim do atendimento o Doutrinador retira o lençol e o paciente é liberado. 

    XVIII Após o atendimento do último paciente, o Doutrinador agradece a entidade, aplica o Passe Magnético e está liberado. 

    >